Já vestiu sua calça jeans hoje?

Oi pessoal, que bom que vocês voltaram! E se é a sua primeira vez por aqui, seja bem vindo! Se tem uma coisa indispensável para o dia-a-dia é a calça jeans, por vários motivos: é confortável e pode ser discreta ou o centro das atenções. Dá pra usar com tênis? Dá! Com salto? Também! Com bota, chinelo, rasteirinha, sapatilha e o que mais você gostar, por isso ela está sempre dentro dos nossos guarda-roupas e corações. Mas e na hora de comprar, você acerta de primeira?

Quando escolhemos nossa calça sempre tem alguns modelos à disposição, e as lojas bem que tentam explicar a diferença ou colocam no manequim para você ter uma ideia, mas o fato é que nem sempre vamos as compras com todo o tempo do mundo e, às vezes, escolhemos o modelo errado ou pegamos sempre o mesmo tipo! – Oh moça, essa é skinny?! – #QuemNunca

Para economizar o seu dim dim e fazer uma compra mais consciente, separei alguns modelos – mais comuns – para você afirmar o que já fica bom em você, mudar de ideia ou ariscar em novas modelagens!

Calça reta

Aposto que você tem uma e nem sabia! O bom desse modelo é que ela afina a silhueta, exatamente por ser reta, pois ajuda a deixar o quadril proporcional. Uma dica digna de fashionista é dar uma dobrinha na barra da calça. Assim, seus tornozelos aparecem, proporcionando um sensação de canela mais fina.

Calça reta

Fotos: Nelly N.,Stephanie K., Albina Kisa e Cecilia H – (lookbook.nu)

Flare 

Fotos: Elizabeth Lee, Sasa Zoe e Truy Bee  – (lookbook.nu)

Ela virou sensação! Super fácil de encontrar, a Flare caiu no gosto da gente, e ai de quem achar que elas foram feitas para o look de escritório. Nada disso! As vantagens dessa modelagem é que elas alongam a silhueta de forma instantânea, deixando a ilusão de pernas mais longas, o que é ótimo pra gente, que assim como eu, é baixinha! – Ei, como tá o tempo aí embaixo? –

Pantalona x flare

Pantalona (à esquerda) e Flare (direita)

Ah, e se você for compor a sua Flare com rasteirinha, não esqueça de fazer a bainha nela, porque, geralmente, elas arrastam no chão e ninguém quer estragar a calça nova, né?! E se for usar com sandália, não se esqueça que a barra da calça tem que chegar até, pelo menos, a metade do salto!

Flare é boca de sino?
A Flare é a versão repaginada da boca de sino, lá de 1970.

Flare é Pantalona? 
Nada disso, elas são diferentes. A Flare desce rente ao corpo até a altura dos joelhos, depois se abre. Já a Pantalona desce reta desde o quadril, daí se abre nos pés, ela é bem mais volumosa, por isso, atenção na hora da combinação e opte por peças com menos volume para ficar um look mais harmonioso.

                                                                                                         Fotos: Silvia Siantar e Alison Liaudat – (lookbook.nu)

Boyfriend

BoyfriendFotos: Mikuta, Ashi M.,Mikuta e Andrea J – (lookbook.nu)

A ideia da calça boyfriend é, literalmente, pegar uma calça masculina. Porém, dependendo do modelo, elas ganham um shape mais reto para se moldar melhor ao corpo feminino. Quer ter um estilo despojado? É esse o caminho!

Skinny

Skinny

Fotos: Larissa B., Hannah A. e Nina  – (lookbook.nu)

É aquela calça justinha, amada pela maioria, que se adequa bem as curvas do corpo e dá uma valorizada. Pra quem é baixinha, vai um alerta: tomem cuidado para a calça na ficar cheia de dobras na altura da canela! Como não temos aquelas pernas longas de topmodel, fazer a bainha é necessário, caso contrário, o efeito de achatamento é inevitável.

Por fim, mas não menos importante, vem a questão da cintura. Não sei se vocês já ouviram falar que a calça cintura baixa deforma o corpo, mas é uma triste verdade. E não pense que isso ocorre só em quem é mais gordinha! Não, isso afeta a todas nós!! O que acontece é que com o uso prolongado desse tipo de peça, o tecido gorduroso é empurrado para cima e para as laterais – pneuzinhos – do corpo, fazendo com que o cós da calça faça uma grande pressão no local.

Então, não custa nada investir em uma peça de cintura alta. Vamos lá!! O charme da década de 50 e 60 está de volta! Além de evitar os pneuzinhos, adeus “cofrinho” e olá cinturinha marcada! Eu amo, e vocês?!


Mell Capilla é estudante de Jornalismo e apaixonada por moda. No Lavanderia, fala das tendências e comenta sobre o mundo fashion.