Cortes e demissões

Fim da Info

info-exameA Editora Abril encerrou, na semana passada, a edição digital da revista Info, resultando no corte de dez funcionários: cinco jornalistas, três da área de TI e dois estagiários, segundo o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Quando lançou a versão digital, em dezembro, a editora anunciou que a revista seria extinta no formato impresso a partir de fevereiro. Sem comentar as demissões, a Abril informou em comunicado que o site Exame.com vai ser o novo responsável pelo conteúdo da Info.

“A partir deste mês de agosto, a marca INFO é incorporada ao site Exame.com, que reforça em seu conteúdo os temas de tecnologia e cultura digital. Também migra para esse canal o Infolab, laboratório de testes de equipamentos eletrônicos e aplicativos da INFO”.

Conforme publicamos na semana passada, a Abril está impedida judicialmente de realizar demissões em massa. A próxima audiência da empresa ocorre nesta terça-feira (18).

Gazeta do Povo

Também na semana passada o jornal paranaense Gazeta do Povo demitiu 11 jornalistas, incluindo o repórter especial Mauri König. Profissionais ligados ao Sindicato dos Gráficos também foram cortados. A publicação justificou, em comunicado, que “o País atravessa uma crise econômica e um dos setores atingidos é o da Comunicação. A mídia impressa é a que tem sentido mais os efeitos. Ao mesmo tempo em que a audiência é crescente, a receita dos jornais não aumenta proporcionalmente. Esse desequilíbrio obriga as empresas a promover ajustes em sua estrutura. Devido a este cenário, a Gazeta do Povo faz uma readequação tanto em sua operação quanto em equipes e projetos”.

O Dia

Vinte e cinco profissionais do jornal carioca O Dia foram demitidos na semana passada. Eles se somam ao grupo de 18 funcionários que haviam negociado anteriormente suas saídas com a empresa. Até o momento, a publicação não se pronunciou, o que deve fazer em breve.

 


por André Correia

twitter | e-mail

 

Posted in Mídia and tagged , , , , , , , , .

Comente este post